Pages

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Kindle, o livro eletrônico...



A nova mania do mundo da tecnologia é o Kindle, o ´livro eletrônico´ da Amazon.

Trata-se de um leitor de e-books (livros em mídia eletrônica, também conhecido por ´papel eletrônico´) com capacidade para 256 MB. Em fevereiro desse ano foi lançado o Kindle 2, com maior capacidade (2 GB), melhor capacidade gráfica (16 escalas de cinza ao invés de apenas 4 do Kindle original), Também foi lançado o Kindle DX, com capacidade ainda maior (4 GB) e melhor resolução gráfica (824 × 1200 pixels contra 800 x 600 do Kindle 2 e do Kindle original), além de outras diferenças em relação ao tamanho e peso (O Kindle DX é maior e mais pesado que o Kindle 2 e o original, porém o Kindle original é bem mais espesso que o Kindle 2 e que o Kindle DX).

Essa nova mania, segundo alguns, poderá substituir o livro de ´papel´, eis que a Amazon já disponibiliza mais de 300.000 títulos em livros, alguns como o UR, de Stephen King exclusivamente para essa tecnologia. Além disso é possível assinar, via Kindle, revistas e jornais por preços que variam de centavos de dólar até 14,99 US$ por mês...

Vale ressaltar que o Kindle 2 não possui capacidade expansão de memória, diferente do original, e por isso têm um número limitado de e-books para se guardar ao mesmo tempo.

Além disso, o preço atual é muito alto, e varia de R$ 900,00 até R$1600,00 aqui no Brasil para o Kindle 2, e cerca de R$ 2.000,00 o Kindle DX...

Eu prefiro o bom e velho livro de papel, em que se pode sentir a textura do papel, o cheiro, a capa... Para mim, nada substitui isso...

9 comentários:

Amauri Guimarães disse...

Achei o tema do blog legal, passei pra poder ver como era o seu! :D
valeu, abs.

Conspiração Ideológica disse...

Valeu Amauri!!!

Amauri Guimarães disse...

hehe, nada.
eu gosto de um template mais clean mesmo, mas vou dar uma olhada no site que me mandou, valeu! :)

Amauri Guimarães disse...

Pronto, arrumei o link pra seguir! :D

adriano disse...

Pensando pelo ponto de vista ambiental isso seria uma boa. "As pobres árvorezinhas não seriam derrubadas para essa finalidade".
Mas eu, como um adorador de livros, não substituo os calhamaços por nada.

Abraço
http://refugiosdoeu.blogspot.com/

Conspiração Ideológica disse...

Pôxa Adriano, não havia pensado por esse lado, pelo lado ambiental... De fato, por essa questão, seria bom mesmo... Bela sacada...

O Árabe disse...

Eu também, amigo... eu também! :) Meu abraço, boa semana.

Conspiração Ideológica disse...

Ei, Árabe, estou à espera do seu próximo texto :) Sempre excelentes e cheios de sentimentos.

Nova Civilização disse...

Concordo com você...
prefiro o livro de papel, nos deixa muito mais próximo das emoções!

beijinhos,

Gisele